fbpx
 
Categories Style it

Blazer

Postado em
Blazer

Blazer: um básico essencial no guarda-roupa feminino

O blazer é uma peça originalmente do guarda-roupa masculino.

Surgiu em 1837 como parte da farda da Marinha Real. Nesse ano a rainha Vitória foi fazer uma inspecção a uma fragata e o capitão mandou fazer uns casacos de sarja azul marinho com botões de latão com as armas da Marinha Real. A Rainha Vitória gostou tanto que tornou esta peça como parte do uniforme oficial. E assim surgiu o blazer masculino.

No entanto, o blazer só entrou verdadeiramente no mundo feminino na década de 1930, pelas mãos de Coco Chanel. Nessa altura o blazer feminino foi criado como uma expressão da força que as mulheres estavam a adquirir.

A entrada desta peça originalmente masculina no mundo da moda feminina teve de tal forma impacto que outros criadores também se foram apoderando do blazer feminino nas suas coleções. Como é o exemplo de Yves Saint Laurent na década de 1970 e Armani na década de 1980.

E desde essa altura, o blazer foi ganhando cada vez mais destaque e actualmente é uma das peças mais procuradas na moda feminina.

Porque é uma peça versátil, prático, elegante, feminino e intemporal, tornou-se um básico essencial no guarda-roupa de qualquer mulher.

Na minha opinião a sua maior qualidade é a versatilidade, pois o blazer adapta-se bem a qualquer situação, quer seja mais formal, quer seja mais casual ou festiva.

Blazer: como usar em ocasiões profissionais

Nos dias de hoje, quer queiramos quer não, a nossa imagem é o nosso cartão de visita. É a primeira impressão que têm de nós!

A tua imagem irá transmitir uma determinada mensagem aos teus colegas, chefes, parceiros, fornecedores, investidores, clientes, etc. Por isso, para conseguir ter sucesso é essencial que esta mensagem transmitida seja autêntica e adequada. Além disso, é também essencial que cries empatia e demonstres o teu profissionalismo.

Assim, é muito importante saber distinguir as várias ocasiões profissionais possíveis.

Blazer | Foto 1 calças pretas, blusa branca e blazer cinza xadrez | Foto2: calças de ganga, blusa vermelha e blazer bege | Foto3: calças beges, blusa preta e blazer bege

Para ocasiões profissionais de maior formalidade, como cargos de chefia ou empresas de áreas mais formais, tais como a área financeira ou governamental, é necessário algum cuidado extra. Por isso, opta por um blazer de corte mais clássico e de cor sóbria. Além disso, completa o visual com outras peças simples e de cor neutra ou igualmente discreta. Se puderes, dá um toque da tua personalidade nos acessórios.

Para ocasiões profissionais mais informais, não terás de ser tão rígida. Por isso, podes escolher um blazer de material mais casual, com cores e padrões mais femininas e de acordo com o teu gosto pessoal (q.b). No entanto, não te esqueças, que mesmo que o ambiente seja informal, continua a exigir que passes uma mensagem de confiança e profissionalismo. Assim, completa o visual com peças mais causais e confortáveis, garantindo que o look final continua elegante. Neste caso os acessórios podem ser um pouco mais vistosos, mas ainda assim sem exageros desnecessários.

Blazer: como usar em ocasiões casuais

Blazer | Foto1: calças de ganga, blusa riscas e blazer rosa | Foto2: Calças beges, top rosa e blazer vermelho | Calças vermelhas, blusa flores e blazer amarelo

Por ser uma ocasião casual, não significa que vista qualquer coisa (eheh). Cria uma imagem descontraída e fiel ao teu estilo pessoal. Um blazer mais comprido ou de corte mais direito é super adequado. Escolhe as cores e padrões que mais gostas e mistura as peças entre si de forma moderna e criativa. É importante que escolhas peças confortáveis e que te façam sentir bonita!

Um beijinho,
Rita C.


Origem das fotos

Foto de topo: Negócio foto criado por haritanita – br.freepik.com

Foto do artigo: https://unsplash.com/

Como podes reparar algumas fotos são minhas mesmo eheh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.